Quinta-feira, 24 de Março de 2011

CAMINHAR

É A VIDA

que quero viver

é a vida

que teimo em querer

porque sou teimosa

e também gulosa

esta vida vou viver e  compreender

 

É a vida

que quero alcançar

São ideias para realizar

estas  metas vou atingir

Vou viver e também divertir

 

Eu gosto de viajar

no chão e também no  ar

eu gosto de caminhar

e o mundo inteiro admirar

 

tantas coisas espectaculares

umas recentes outras seculares

iguais aos seres que tanto amamos

que vemos e também admiramos

 

"MeuGirassol"

tags:

publicado por meugirassol às 14:57
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (2) | favorito
Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

SERÁ QUE DEVEMOS PERGUNTAR?

  

Pergunto à gente que passa
por que vai de olhos no chão.
Silêncio -- é tudo o que tem
quem vive na servidão.

  

Vi florir os verdes ramos
direitos e ao céu voltados.
E a quem gosta de ter amos
vi sempre os ombros curvados.

 

E o vento não me diz nada
ninguém diz nada de novo.
Vi minha pátria pregada
nos braços em cruz do povo.

 

Vi minha pátria na margem
dos rios que vão pró mar
como quem ama a viagem
mas tem sempre de ficar.

 

Vi navios a partir
(minha pátria à flor das águas)
vi minha pátria florir
(verdes folhas verdes mágoas).

 

Há quem te queira ignorada
e fale pátria em teu nome.
Eu vi-te crucificada
nos braços negros da fome.

 

E o vento não me diz nada
só o silêncio persiste.
Vi minha pátria parada
à beira de um rio triste.

 

Ninguém diz nada de novo
se notícias vou pedindo
nas mãos vazias do povo
vi minha pátria florindo.

 

E a noite cresce por dentro
dos homens do meu país.
Peço notícias ao vento
e o vento nada me diz.

 

Mas há sempre uma candeia
dentro da própria desgraça
há sempre alguém que semeia
canções no vento que passa.

 

Mesmo na noite mais triste
em tempo de servidão
há sempre alguém que resiste
há sempre alguém que diz não.

Manuel Alegre

 Pergunto ao vento que passa
notícias do meu país
e o vento cala a desgraça
o vento nada me diz.

 

Pergunto aos rios que levam
tanto sonho à flor das águas
e os rios não me sossegam
levam sonhos deixam mágoas.

 

Levam sonhos deixam mágoas
ai rios do meu país
minha pátria à flor das águas
para onde vais? Ninguém diz.

 

Se o verde trevo desfolhas
pede notícias e diz
ao trevo de quatro folhas
que morro por meu país.

 

 

  

 

tags:

publicado por meugirassol às 10:23
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (4) | favorito
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

SOU DE VIDRO

 

Sou de vidro

 

 

Meus amigos sou de vidro
Sou de vidro escurecido
Encubro a luz que me habita
Não por ser feia ou bonita
Mas por ter assim nascido
Sou de vidro escurecido
Mas por ter assim nascido
Não me atinjam não me toquem
Meus amigos sou de vidro

 

Sou de vidro escurecido
Tenho fumo por vestido
E um cinto de escuridão
Mas trago a transparência
Envolvida no que digo
Meus amigos sou de vidro
Por isso não me maltratem
Não me quebrem não me partam
Sou de vidro escurecido
 
 

Tenho fumo por vestido
Mas por assim ter nascido
Não por ser feia ou bonita
Envolvida no que digo
Encubro a luz que me habita

 

 

  

"Lídia Jorge"

 

 

 

tags:

publicado por meugirassol às 22:04
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (1) | favorito
Terça-feira, 22 de Julho de 2008

QUANDO FOR GRANDE

Quando for Grande

 

Quando for grande
quero uma mão
que tenha forma
do coração.


Quando for grande
quero uma ponte
que chegue à linha
do horizonte.

 

Quando for grande
quero um olhar
que chegue ao fundo
de céu e mar.

"José Fanha"

tags:

publicado por meugirassol às 12:56
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (2) | favorito
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007

PESSOAS SENSÍVEIS

As pessoas sensíveis não são capazes
De matar galinhas
Porém são capazes
De comer galinhas


O dinheiro cheira a pobre e cheira
À roupa do seu corpo
Aquela roupa
Que depois da chuva secou sobre o corpo
Porque não tinham outra
O dinheiro cheira a pobre e cheira
A roupa
Que depois do suor não foi lavada
Porque não tinham outra


"Ganharás o pão com o suor do teu rosto"
Assim nos foi imposto
E não:
"Com o suor dos outros ganharás o pão."


Ó vendilhões do templo
Ó constructores
Das grandes estátuas balofas e pesadas
Ó cheios de devoção e de proveito


Perdoai-lhes Senhor
Porque eles sabem o que fazem.



Sophia de Mello Breyner Andresen
Livro sexto)

tags:

publicado por meugirassol às 17:03
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (4) | favorito
Quarta-feira, 24 de Outubro de 2007

O SONHO COMANDA A VIDA

tags:

publicado por meugirassol às 16:11
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (1) | favorito
Terça-feira, 23 de Outubro de 2007

VAI CHEGAR

Voa, coração

A minha força te conduz

Que o sol de um novo amor em breve vai brilhar

Vara a escuridão, vai onde a noite esconde a luz

Clareia seu caminho e acende seu olhar

 

 Vai onde a aurora mora e acorda um lindo dia

Colhe a mais bela flor que alguém já viu nascer

E não se esqueça de trazer força e magia,

O sonho e a fantasia e a alegria de viver

  

Voa, coração

Que ele não deve demorar

E tanta coisa a mais lhe quero oferecer

O brilho da paixão, pede a uma estrela pra emprestar

E traga junto a fé num novo amanhecer

 

Convida as luas  cheia, minguante e crescente

E de onde se planta a paz,

Da paz quero a raiz

E uma casinha lá onde mora o sol poente

Pra finalmente a gente simplesmente ser feliz

 

“Poema de Toquinho”

tags:

publicado por meugirassol às 17:02
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (1) | favorito
Quinta-feira, 4 de Outubro de 2007

Alma de Mulher

Alma de Mulher

Nada mais contraditório do que ser mulher ...
Mulher que pensa com o coração,

age pela emoção e vence pelo Amor.

Que vive milhões de emoções num só dia e

transmite cada uma delas, num único olhar.


Que cobra de si a perfeição e vive 

inventando desculpas para os erros,

daqueles a quem ama.


Que hospeda no ventre outras almas, dá à luz 

e depois fica cega, diante da beleza dos filhos que gerou.


Que dá as asas, ensina a voar mas não quer ver partir

os pássaros, mesmo sabendo que eles não lhe pertencem.


Que se enfeita toda e perfuma o leito, ainda

que seu amor nem se aperceba mais de tais detalhes.


 Que como uma feiticeira transforma

em luz e sorriso as dores que sente na alma, 

só pra ninguém notar.

E ainda tem que ser forte, pra dar os ombros 
para quem neles precise chorar.


Feliz do homem que por um dia souber,

entender a alma da mulher !!!

(AD)

tags:

publicado por meugirassol às 22:27
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (4) | favorito
Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007

TER FÉ

Estou triste e estou contente

Nem sei bem o que sentir

Estou entre tanta gente

E apetece-me fugir

 

Tenho momentos de encantamento

Que tudo fazem esquecer

Tenho um grande sentimento

Pelo meu pequenino ser

 

Continuo acreditar

Que tudo vai acontecer

Continuo a rir e amar

Para tudo me fazer esquecer

 

Por hoje vou acabar

Desejo-vos um bom dormir

Vou de certeza sonhar

Ter fé e prosseguir

sinto-me:
tags:

publicado por meugirassol às 23:57
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (2) | favorito
Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

O DIA DEU EM CHUVOSO !!!!

O dia deu em chuvoso.
A manhã, contudo, esteve bastante azul.
O dia deu em chuvoso.
Desde manhã eu estava um pouco triste.
Antecipação! Tristeza? Coisa nenhuma?
Não sei: já ao acordar estava triste.
O dia deu em chuvoso.
Bem sei, a penumbra da chuva é elegante.
Bem sei: o sol oprime, por ser tão ordinário, um elegante.

Bem sei: ser susceptível às mudanças de luz não é elegante.
Mas quem disse ao sol ou aos outros que eu quero ser elegante?
Dêem-me o céu azul e o sol visível.
Névoa, chuvas, escuros — isso tenho eu em mim.
Hoje quero só sossego.
Até amaria o lar, desde que o não tivesse.
Chego a ter sono de vontade de ter sossego.
Não exageremos!
Tenho efetivamente sono, sem explicação.
O dia deu em chuvoso.
Carinhos? Afetos? São memórias...
É preciso ser-se criança para os ter...
Minha madrugada perdida, meu céu azul verdadeiro!
O dia deu em chuvoso.
Quando foi isso? Não sei...
No azul da manhã...
O dia deu em chuvoso.


"Álvaro de Campos, “Trapo
"

tags:

publicado por meugirassol às 14:28
as minhas pétalas | deixe a sua pétala | ver pétalas (2) | favorito

Que horas são?

Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


Saudades

posts recentes

CAMINHAR

SERÁ QUE DEVEMOS PERGUNTA...

SOU DE VIDRO

QUANDO FOR GRANDE

PESSOAS SENSÍVEIS

O SONHO COMANDA A VIDA

VAI CHEGAR

Alma de Mulher

TER FÉ

O DIA DEU EM CHUVOSO !!!!

:: Blogs::




Mariposa
Praia da Claridade

:: Músicas ::

Selo




Contador

Já Visitaram

tags

a vida sem alguem

adeus

amigos

anedotas

auto estima

ciclos na nossa vida

comentários

criança

curiosidades

dança

desejo uma santa pascoa

despedida

deus sabe

dia da mulher

dicas

dicas beleza

dicas horta & jardim

educação

espiritual

ferias

ferias video

frases

inspiração para hoje

mensagens

mulher

musica

nao devemos esperar

natal

oração

os filhos

parabens

pensamentos

pétalas da noite

pétalas do dia

poemas

recados

são martinho

saudades

saudades do meu anjo

videos

todas as tags

SAPO Blogs

subscrever feeds